Braço

Como peça mais importante para a tocabilidade, é necessário que o braço seja muito estável e confiável, e que sua estabilidade independa de fatores externos que acabam por prejudicar a regulagem de instrumentos comuns. Para isso, a M.Laghus seleciona somente madeiras que aliem sonoridade e resistência, como o marfim, purpleheart, hard maple, kingwood, que possuem veios linheiros e densidade apropriada para a função de confeccionar um braço. Já para a escala, madeiras consagradas como o Jacarandá da Bahia envelhecido por 100 anos, bird’s eye maple, malagasy rosewood, pau-ferro e ébano.

Detalhes (1)

Todas as nossas madeiras são climatizadas e são, comprovadamente, as melhores disponíveis para instrumentos musicais, tanto em timbre quanto em resistência. Além disso, desde 2010 passamos a utilizar a técnica do raio composto na escala, o que representou um ganho muito significativo na tocabilidade e conforto do instrumento. Esta técnica é especial e raramente é utilizada em outros instrumentos musicais, seja em instrumentos feitos em processo industrial ou custom, pois, apesar de ser muito benéfica ao instrumento, ela demanda uma grande perícia que poucos possuem. Contudo, a M.Laghus não mede esforços para oferecer sempre o que há de melhor em materiais e técnicas de construção.

Detalhes (2)

Os nossos braços contam com um recurso especial, que é a inclinação para trás de 8°, gerando maior conforto ao tocar. Apesar da inclinação de 8° ser extremamente proveitosa para o músico e consagrada entre os melhores construtores internacionais a sua utilização ainda não é difundida no Brasil, por ser um processo dificultoso, realizado através da CNC para uma precisão absoluta.

Anúncios